Entenda o que você come…

Você esta aqui: Início / Entenda o que você come…

Alimentos Naturais

São alimentos de origem vegetal ou animal em seu estado mais natural possível, não sofrendo intervenção química ou sintética, sendo, portanto, a comida não processada.

Os alimentos naturais são retirados diretamente da natureza, também chamados de alimentos “In Natura”. Englobam as verduras, as frutas, os legumes, as carnes, os peixes e as aves. Estes alimentos são os que possuem um maior índice de nutrientes.

Dentro do grupo dos alimentos naturais estão os Alimentos Orgânicos.

 

Alimentos Orgânicos

Alimentos Orgânicos são produzidos sem a utilização de agrotóxicos, transgênicos, pesticidas e fertilizantes sintéticos, sem qualquer semente modificada geneticamente e aditivos químicos sintéticos, como corantes, aromatizantes e emulsificantes.

Além disso, os alimentos orgânicos são feitos sempre com a preocupação de não prejudicar o meio ambiente.

 

Alimentos Processados ou Industrializados

São alimentos que sofrem algum tipo de transformação, sendo que há vários níveis de processamento. O leite, por exemplo, passa apenas pelo processo de pasteurização, alimentos como o arroz, o feijão e farinha de mandioca, passam somente pelo processo de trituração e de separação de resíduos, retirando a sujeira dos alimentos para comercialização.

Os alimentos industrializados ganharam espaço na rotina das pessoas pela sua praticidade, pois com o avanço da tecnologia e a rotina agitada das pessoas, cresce cada vez mais a oferta e consumo de alimentos prontos.

A variedade de alimentos industrializados é grande, e inclui arroz, feijão, lentilhas, farinha de mandioca e de milho, sucos de caixinha, frutas secas, conservas, alimentos defumados, produtos enlatados (como sardinhas, atum, ervilhas e milho), sorvetes, misturas de bolo, refrigerantes, pizzas, temperos instantâneos, entre outros.

Estes alimentos são fabricados com adição de substâncias à base de conservantes, corantes, estabilizantes e demais substâncias que dão aroma e sabor aos alimentos, além de torná-los mais duradouros.

 

Alimentos Artesanais

Como o próprio nome indica, a comida artesanal remete à atividade do artesão, ou seja, alguém que elabora um trabalho “manual”, em pequenas quantidades, com características próprias. Pode-se dizer que a culinária artesanal é a comida caseira, feita com carinho, com um gostinho especial e de autoria própria, como uma receita de família.

Para preparar uma verdadeira comida artesanal não são necessários ingredientes caros, difíceis de encontrar ou produtos gourmet, mas sim muito amor, dedicação e atenção aos detalhes na hora de cozinhar, como ingredientes bem selecionados e o modo de preparo.

Dessa forma, consegue-se preparar refeições com um sabor especial, com aquele gostinho de infância, típico da comida caseira. É por esse motivo que a comida artesanal é considerada Comfort Food, que desperta conforto e bem-estar ao ser consumida e trazendo lembranças de momentos especiais, seja um almoço em família, um jantar com os amigos, um piquenique, da comida da mãe ou da avó.

Dentro de Alimentos Artesanais e Processados temos a Charcuteria ou Charcutaria (do francês charcuterie, de chair, “carne” e cuit, “cozida”), salsicharia, também conhecida pelo termo italiano Salumeria. É o ramo da indústria alimentar dedicado ao preparo e venda de produtos de carne de porco curada, como bacon, presunto, salsichas, terrinas, galantinas, patês e confits. A Charcuteria faz parte da técnica Garde Manger; o termo Garde Manger foi usado, originalmente, para designar a despensa ou armazenamento de alimentos frios à época, conservados em sal e considerados ausentes de aroma. Técnica originalmente criada como uma maneira de se preservar as carnes antes do advento da refrigeração.

Fontes:
www.saboresajinomoto.com.br
www.pensamentoverde.com.br
www.bodeganet.com.br

Avise-me quando chegar Vamos informá-lo quando o produto chegar em estoque. É só deixar seu endereço de e-mail abaixo.
E-mail Não compartilharemos seu email com ninguém mais.